Home > DOCES E SALGADOS > Bunge e BP fecham acordo para criar empresa de bioenergia no Brasil

DOCES E SALGADOS

22/07/2019 08:59 por Redação

Bunge e BP fecham acordo para criar empresa de bioenergia no Brasil

A BP Bunge Bioenergia cotrolará 11 usinas no país, com capacidade de 32 milhões de toneladas de moagem por ano

A Bunge, multinacional holandesa de agronegócio e alimentos, anunciou hoje (22), em Nova York, que fechou acordo com a petroleira britânica BP para a criação de uma companhia de bioenergia no Brasil, “um dos mercados de biocombustíveis que mais cresce no mundo”.

Segundo comunicado, a Bunge receberá pela operação o valor de US$ 775 milhões, composto de US$ 700 milhões relativos à dívida sem recurso da Bunge a ser assumida pela joint venture no fechamento da operação, além de US$ 75 milhões da BP, sujeito a condições habituais de fechamento. O valor será utilizado para reduzir o endividamento já existente. Além disso, o acordo deve dar continuidade à estratégia da Bunge de otimização de portfólio.

A BP Bunge Bioenergia, joint venture na qual cada uma das empresas terá 50%, irá produzir etanol e açúcar, além de eletricidade renovável com biomassa de cana-de-açúcar. Sua operação será independente, com um total de 11 usinas nas regiões Sudeste, Norte e Centro-Oeste do país.

“Com 32 milhões de toneladas de capacidade de moagem combinada por ano, a joint venture terá a flexibilidade de produzir um mix de etanol e açúcar. Também gerará eletricidade renovável a partir de bagaço de cana-de-açúcar, por meio de suas unidades de cogeração, para sustentar todas as suas unidades e vender a eletricidade excedente à rede elétrica brasileira”, afirma a Bunge no comunicado.

"Biocombustíveis desempenham um papel fundamental na transição energética, e o Brasil é líder no desenvolvimento desse setor em escala. Este importante passo permitirá à BP aumentar significativamente a escala, a eficiência e a flexibilidade de nosso negócio em um dos mercados de biocombustíveis que mais crescem no mundo”, diz Dev Sanyal, CEO da BP Alternative Energy.

A nova empresa terá sede em São Paulo. Mario Lindenhayn, da BP, será o presidente executivo (Chairman) e Geovane Consul, da Bunge, será o diretor executivo (CEO). A BP e a Bunge terão igual representação no Conselho de Administração.

'
Enviando